Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Segredo revelado

Segredo revelado

11.07.14

O ''pacotão'' da Meo...


segredo_revelado

 

 

Aqui há uns 2 meses atrás, em virtude de o meu irmão estar a pensar aderir ao pacote Meo4o, estava eu, dando algum bom uso à internet, a pesquisar sobre as vantagens e desvantagens em aderir a esse pacote, quando descobri, entre muitos outros, um artigo com um nome, no mínimo, curioso : ''10 respostas sobre o pacotão da Meo''.
Epa, ainda nesse mesmo dia, em conversa com alguém, comentei algo que pensei no preciso momento em que li o título do artigo. ''Quantas pessoas serão induzidas em erro ao pesquisar e a encontrarem na sua pesquisa um resultado daqueles?''
me algo do tipo : '' Todos os homens seriam induzidos em erro! A publicitária da Meo é mulher, sabe que os homens aderem a tudo com mensagens subliminares sobre sexo''.

E é bem capaz de ter razão, afinal de contas, homem que é homem, e gosta de tecnologia, gosta de ver um bom ''pacote''. Pensando bem, isto nem é tanto assim uma questão masculina, pois, se não estou em erro, e se estiver podem sempre corrigir-me, as mulheres também apreciam um pacote bem feitinho.
Mas vamos lá pensar um bocadinho naquilo que se procura num pacote para o considerar um bom pacote, o verdadeiro ''pacotão'' que agrada praticamente a gregos e troianos.
Antes de mais, porque meter as mãos num pacote devia ser uma coisa liberal, um bocado à vontade das necessidades do cliente, devia haver pacotes dos quais se pudesse usufruir sem ter um compromisso de fidelização. Parecendo que não, porque as coisas mudam, o pacote que ontem nos satisfazia pode muito bem não ser o pacote que nós amanhã queremos usar. Há pacotes que perdem vantagens com o passar do tempo, tornando-se menos atractivos. É uma vida cruel, onde o aparecimento de novos pacotes, mais vistosos, capazes de nos fazer saltar os olhos das órbitas, relega para segundo plano os pacotes que em tempos todos achámos muito sexys. C'est la vie!

 

 


Qual é o melhor pacote, o pacote firme e compacto ou o pacote flexível e alargado? Bem, isso depende um bocado dos gostos de cada um, ''né'' ? No Brasil, por exemplo, a malta delira com os grandes pacotes...da Oi e da Claro internet. Especialmente no Carnaval é possível perceber a satisfação geral que pode trazer a existência de tais pacotes no Sambódromo.
Em África, como seria de esperar num continente onde ainda se crê que as big girls são better girls e que os rapazes têm todos grandes ''brinquedos'' (obviamente que me refiro a arcos e flechas, carrinhos feitos de latas de sardinha,...), também têm um gosto particular por pacotes generosos, pacotes ao estilo ''pacote'' de elefante, daqueles que já vemos a 1km de distância.
Na Europa , por causa de várias questões culturais e estéticas, gostamos mais dos pacotes compactos e firmes, aqueles pacotes que nunca ficam descaídos, nem mesmo quando a pessoa não faz exercício... do seu direito de usufruto de tudo o que o seu pacote lhe pode oferecer de bom (internet, tv, telefone fixo e telemóvel).
Na minha intensiva procura de informação sobre pacotes, chegando mesmo a recorrer à visualização de fotos e vídeos de variados pacotes muito desejados atualmente, apercebi-me de umas coisas interessantes. No começo todos gostam do pacote que escolheram e acham-no o melhor pacote do mercado, fazendo tudo e mais alguma coisa para o realçar e promover...

No começo, na perspectiva de quem quer vender o pacote a outras pessoas, é tudo vantagens e qualidades. Até o preço é bom, com direito a descontos por escolhermos o pacote deles e não dos ''vizinhos''...
No começo, no inicio da relação, quando há ainda um fulgor próprio da novidade e um desejo quase permanente de testar ao máximo tudo o que o podemos fazer com o pacote, tudo corre suavemente, tudo é satisfação e sorrisos...
Mas, meus amigos, conforme vai passando o tempo e o pacote já não se mostra tão satisfatório e começa a dar os mais variados problemas a quem o usa, regra geral a situação termina sempre da mesma forma... Como? Fácil! A situação termina com o cliente a mandar o vendedor ou o assistente da marca a ir levar no ''pacote'' e com os tipos que deram o pacote a tentar fugir com o ''pacote'' à seringa das responsabilidades.
Enfim, cada cabeça, sua sentença...e sua preferência por este ou aquele pacote! Desde que seja um pacote asseadinho, sem cláusulas que venham manchar o encanto natural do pacote, cada um que use o seu como quiser, ''né'' ?
Em jeito de conclusão, e porque a maioria de nós gosta de finais felizes, posso informá-los de que o meu irmão, depois de muito ponderar, depois de procurar a aprovação e consentimento da minha cunhada também, optou mesmo por usar o pacotão da Meo4o e está, até hoje, bastante satisfeito. É comovente, para mim que não sou casado, perceber que os casais se modernizaram e se tornaram liberais a ponto de discutirem entre si o uso e abuso (se for muito usado) do pacote. Ainda há poucos anos atrás isso era um tema tabu, mas hoje em dia fala-se abertamente disso, incluindo mesmo os filhos e outros familiares nessas tomadas de decisão. Modernices!

 

 

 

 

segredo revelado: este post não foi escrito ao abrigo do uso do novo acordo ortográfico, mas, em compensação, foi escrito num momento em que tenho o ''pacote'' suavemente bem instalado na cadeira.
Poderia até revelar outro segredinho, mas não sei até que ponto seria estranho e muito mal interpretado e distorcido se eu dissesse que divido o uso do pacote que na verdade é do meu irmão, portanto omito essa parte, já que tenho bem noção de que nem todas as mentes são inocentes como a minha.

 

11.06.13

Vertigem mental...


segredo_revelado

 

Dormi o espantoso total de 16 horas nas últimas 3 noites.E esta noite,depois de um dia às voltas para cá e para lá e de um jogo de futsal já à noite(mais uma derrota), sou capaz de ir dormir mais umas 3 horas. Por estranho que pareça , apesar dessas poucas horas de sono, estou demasiado ''speedado'' mentalmente. Resultado: deu-me para voltar a escrever aqui.

Estou com um aspecto mesmo lindo, com uns olhos esbugalhados dignos de fazerem inveja a um lémur{#emotions_dlg.snob}.
Um dia , é mais que certo, a minha cabeça explode de tantas ideias sem parar.
Há quem procure ,nas drogas, na bebida, no sexo ou em qualquer actividade que lhe desperte adrenalina, esta capacidade de se manter mental e fisicamente activo, mas eu , por vezes, apenas queria ter a capacidade de ''desligar'' um bocadinho.
Co-habitar comigo mesmo, 24 horas por dia, 7 dias por semana, 56 semanas por ano, durante 34 anos, não é pêra doce!
Nem sei como ainda não cortei relações comigo . Para ser franco, se não o fiz ainda ,acho que foi só mesmo por ser impossível.
Umas bofetadas bem dadas nestas bochechas que agora até já deixam ver ossos na cara , mas que em tempos já foram bochechas gordinhas, talvez me fizessem algum bem...Ou então não! Vai na volta ainda me revoltava comigo mesmo e deixava de me falar{#emotions_dlg.secret}.
Parece uma contradição , coisa de pessoa que sofra de esquizofrenia, mas preciso de um abanão, de algo que me faça acordar desta vertigem mental que não me ajuda a dormir e à qual , e aí vem a parte contraditória,  não corresponde uma vertigem de actos levados à prática.
É uma chatice do caraças ser um bom teórico , ter uma capacidade razoável de imaginar e de ver mais além, mas ser um ''atado'' na hora de fazer realmente algo palpável, na hora de passar das palavras e das ideias às acções. Lembram-se de eu , ali mais atrás, ter escrito que tinha uma capacidade razoável? Lembram? Esqueçam o que escrevi! Deixem-me ser imodesto , se fizerem favor, pois a capacidade não é razoável , é além da média{#emotions_dlg.tongue}!
Aliás, se a capacidade de ter ideias fosse directamente proporcional ao tamanho do pénis , xiiiii , ia passar a ter de o transportar num carrinho de mão, tipo dono a passear o cãozinho. Bem , dito assim, até nem parece má comparação. As pessoas, ao encontrarem um conhecido seu a passear o pet, vá-se lá saber porquê - talvez seja por preferirem lidar com animais de 4 patas do que com os bípedes humanos de 2 patas - insistem em fazer festinhas no bicho. Que façam!

 


A esta altura, depois de ter lido estas primeiras frases/ideias meio desconexas, já alguém deve estar a pensar '' ai fod*-se , já o rapaz anda metido nas drogas, a escrever inanidades destas!''. Não ando, mas... 
Nestas últimas semanas tenho estado a participar num torneio de futsal e da equipa faz parte um colega que gosta de fumar{#emotions_dlg.wasted} umas coisas daquelas que fazem rir. Ele usa uma expressão a que todos acharam piada, expressão para descrever o estado em que fica depois de fumar um ''charutinho'', uma ganza : ''fico disconnect'', diz ele. Fica desligado? Fica mesmo! E se não fica mesmo ,se finge que fica, se finge que está alheado, caraças, o gajo devia pensar investir numa carreira de ator , pois engana-nos bem.
É quase tentador pensar que uma porcaria de uma planta{#emotions_dlg.redflower} ,digna de fazer parte daqueles livros sobre medicina natural do Viva Melhor, consiga ter um efeito tão ''calmante'' que deixe a mente vazia de tantas tretas que só parecem atrapalhar a nossa vida. É uma sensação passageira , mas enquanto dura deve ter a sua graça. Epá, acho que ele quando entra em campo até deve julgar que é o Messi ou o Ronaldo{#emotions_dlg.pimp} do futsal. Já eu , quando entro em campo, limito-me a pensar que não percebo um c*r*lho daquilo e que mais valia deixar-me daquelas brincadeiras.
Um gajo ter uma noção daquilo que, aos olhos dos outros, pode ser considerado ridículo é lixado. O ideal seria uma pessoa fazer tudo o que lhe desse na real gana , sem pensar no que pensam os outros. Pensar por nós , pensando no que podem os outros pensar daquilo que pensamos, é cansativo. Independentemente do que pensemos ou façamos há sempre alguém a discordar, a julgar, por isso era bem mais inteligente fazer-se o que se quer. Atenção, é fazer o que se quer , mas não exagerem , não vamos desatar a fazer coisas que nos proporcionem satisfação à custa de outros. O sexo é uma coisa que proporciona satisfação à custa de outras pessoas , não é? Ups! Afinal há excepções! Sexo ''phode-se'' fazer à vontadinha, com camisinha ou em tronco nu. Aconselho o uso de camisinha aos mais friorentos, que este clima anda doido e agora até em Junho{#emotions_dlg.sol} há dias frios.

 


Na lista de coisas a NÃO FAZER{#emotions_dlg.dnd} devem estar incluídas cenas tipo matar sogras, chefes e vizinhos chatos ou trair a pessoa com quem se tem uma relação amorosa com a pessoa mais amiga dela. Opá, trair ainda se admite , mas que seja com uma pessoa desconhecida ou que ela já deteste. Lixar amizades por causa de uma queca dada às escondidas numa pensão mal frequentada por drogados, num carro que não vê aspirador há mais de 6 meses ou num descampado, em competição com o desempenho de um casal de coelhos, isso já acho mal para caraças.{#emotions_dlg.lol}
Feliz ou infelizmente para mim , todos os meus amigos que já são casados , aparentemente, são bem casados , pelo que dificilmente algum dia me hei-de chatear com algum por ele me encontrar deitado com a mulher , a usar apenas um par de meias. A chatice maior era se as meias fossem dele, aí ele podia levar realmente a mal{#emotions_dlg.annoyed}. Eu até o entendia se reagisse mal, afinal de contas as meias de um homem são um objecto muito intímo.
Para todos os que duvidem que eu sou realmente amigo do meu amigo , fiquem sabendo que eu , caso tivesse a oportunidade de ter sexo com a mulher de um amigo , não o faria...antes de encontrar um pretexto, fosse qual fosse, para me chatear primeiro com ele. Depois disso tudo bem , mas antes disso nunca... A não ser que fosse ele a insistir em nome da mulher , aí ''tá'' tudo bem.
Vivemos numa sociedade cheia de moralidades e pudores um pouco estranhos, onde é socialmente mal aceite a prática de sexo com uma profissional do ramo, mas é bem aceite, até legalmente, o sexo entre entidade empregadora e empregado, apesar de, regra geral, ser sempre o empregado a ser fod..lixado pela entidade empregadora, queira ou não. Estranho mundo este!{#emotions_dlg.no}
Isto começa a versar muito sobre sexo, ainda me vão julgar algum tarado, mas tenho de partilhar uma coisa que me faz confusão. Sabem aqueles sites eróticos onde moças de boas famílias se despem para terem dinheiro para pagar as propinas e fazerem doações à paróquia lá da aldeia? Não sabem? Deixem-se de tretas!Sabem sim! Acho estranho haver nesses sites gajos que, podendo ver qualquer parte do corpo despido da mulher, pedem para ela mostrar os pés. Os pés? A sério?! {#emotions_dlg.amazed}Se curtem ver pés não seria melhor irem para uma sapataria? Numa sapataria não devem faltar sapatos , nem pés, das mais variadas cores e tamanhos. Gajos desses que vão ver pés em sites eróticos até dão mau nome à classe dos tarados e perversos que frequentam esses sites. Num site erótico , fica a dica para os menos sabedores, é suposto ver mamas e ''pipis''{#emotions_dlg.sarcastic}, não é para andarem lá a pedir que mostrem os pés!

 


Por falar em ''pipis''...Aqui na minha santa terrinha temos um café-restaurante e às vezes há pipis na ementa, por isso , quem não tiver acesso à internet , apareça lá, antes da ASAE lá ir, e peça para ver os ''pipis'',especialidade da casa.
Só mais uma coisinha para acabar com o sexo (salvo seja!) e  com o post. Num desses sites que, por obra e graça não sei de que entidade divina{#emotions_dlg.braga}, insistem em abrir-se no meu computador, e 9 em cada 10 vezes são de cariz sexual, - ele há cada coincidência!- observei que uma das modelos se apresentava com um cão durante o show. Hey, mentes perversas , não sejam badalhocos.Ela não ''coisava'' com o cão, o cão apenas aparecia na imagem enquanto ela, well, you know what. A presença do cão deixou-me deveras intrigado. Que raio faz um cão ali? O animal até pode ficar traumatizado a ver a dona naqueles preparos que deixam tanto homem, religioso e temente a Deus, a babar{#emotions_dlg.drool} de excitação. É verdade que os animais são nossos amigos e não os devemos abandonar, mas , caraças, calma lá, não vamos chegar a tanto! Perdoem-me a inocência{#emotions_dlg.angel} que decerto me irão reconhecer nesta pergunta , mas...
A presença de um cão num site erótico, a passear por ali por casa enquanto a dona ''coise'', faz daquele show um doggy style? Já tinha ouvido falar em ''canzana'', nunca pensei é que fosse assim.
Se calhar, porque é tarde (3:32 da manhã) e porque já escrevi coisas suficientes para arrastar o meu bom nome pela lama durante séculos{#emotions_dlg.blushed}, vou mas é dormir.
Beijinhos , abraços e amassos para quem vier a ler isto.
(já começavam era a ler livros do Mia Couto em vez de lerem estas merdas online, não?! )

 





segredo revelado: - facto 1 : dormi só mesmo 16 horas nas últimas 3 noites
                           - facto 2 : tenho realmente um excesso anormal de ideias, agora e quase sempre

                           - facto 3 : tenho mesmo dificuldade em levar à prática a teoria
                           - facto 4 : o meu colega do futsal fica mesmo ''disconnect''

                           - facto 5 : sites eróticos? ''canzana''? Não faço a mínima ideia do que sejam essas coisas indecentes!

                           ...

                           - facto Post Scriptum : se alguém me quiser oferecer um carro de mão para passear o pénis, agradeço, é que levá-lo a passear pela trela já começa a ser impossível.